Perdendo a Noção – 1

Eu não guardo mais nome de ninguém. Não consigo.

pess.jpg

Por email, acerto garantido. Pessoalmente, 10% de chances, dependendo da cara da pessoa. Por telefone, 0,3% de chances de lembrar o nome do cidadão antes que ele desligue. Por que?

Por que eu penso que, assim que eu precisar, posso olhar pra pessoa e ver uma ficha flutuante sobre a cabeça dela mostrando nome, ocupação e número de XP. Ou posso acionar uma lista e verificar o perfil em tempo real. O que só acontece em Oblivion. Em Second Life. Mas nunca na vida real – mesmo porque até as pessoas que usam crachá dão um jeito de virá-lo pro lado errado.

Isso tem me trazido muitos problemas. Mas às vezes é até melhor – e nunca deixa de ser engraçado.

3 Responses to Perdendo a Noção – 1

  1. Gar@ta Misteri@osa says:

    Você esqueceu de escrever -Chances de você guardar o nome de uma pessoa que com ela transou – 100%.
    Você e safado Renato me usaram como uma puta. Mas pelo menos foi gostoso.
    Beijos.

  2. lila says:

    nível? que nível?

  3. Leandro says:

    Ontem quase entrei numa parada gay sem querer. Serio.
    Ontem na minha cidade, fui comprar a EGM PC em uma das bancas. Para apreciar o Renato Bueno. Foi logo depois do almoço, após sair do clube. Fui na banca ao lado. Mas o cara falou que eles não trabalhavam com a EGM PC, só com EGM normal. Então, meus pais e eu nos lembramos que havia uma banca na avenida de destino ao shopping. Fomos ate lá. A gente virou na rua, mas tava um trio elétrico. Eu pensei que fosse alguma festa fora de época. Mas ai lemos o nome de um dos vereadores no trio elétrico, que e conhecido por ser pilantra e ajudar os gays para receber votos. Meu pai falou – Isso e uma parada gay. Eu então disse – Como faço para ir ate a banca vamos embora, mas estamos presos…???
    Meu pai então falou para eu descer do carro e ir ate a banca. Desci normal. Mas dava nojo o clima de libertinagem e pederastia livre. Ate estranhei que tinha muito viado na rua que dava acesso ao clube onde comemos, mas como lá e ponto de traveco, puta, etc, achei que era normal.
    Não tinha a EGM PC na banca, alias, era um viado muito educado que me atendeu na banca.
    Sai bem na hora que meus pais conseguiram sair da festança pederastil.
    Eu achei um absurdo, pois eles tavão impedindo o transito. E não se podem fazer nada porque os coitadinhos dizem que seria preconceito tirá-los.
    E então chapas, vocês já passaram perto de uma parada gay? Eu não gostei, graças a Deus. Esse povo e muito sem vergonha. Contem as experiências que tiveram, se tiveram, claro…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: