> não era pra falar

JÁ VAI

.
Jornalista inglês Simon Parkins fala no Gamasutra de uns 90 anos atrás sobre a ferida que machuca muita gente: raramente um “jornalista” passa tempo suficiente com um jogo antes de escrever sobre ele. É.

Trechos:

“No fim das contas, a importância de um review enquanto ‘guia de compras’ diminui à medida em que sua publicação se aproxima do lançamento do jogo. Qualquer texto que apareça alguns dias ou semanas depois do lançamento do jogo é praticamente dispensável, graças à obsessão da indústria e dos consumidores com o próximo ‘lançamento mais foda'”.

“Acrescente a isso a tendência natural do jornalista de querer dizer alguma coisa, qualquer coisa, que diferencie seu texto e sua opinião de todos os outros na parada e você começa a ver entusiasmadas proclamações equivocadas e comparações injustas sendo feitas. A pressão de dizer alguma coisa, qualquer coisa séria e única para distinguir seu trabalho dos outros 10 mil malucos que povoam a internet, é grande. Existem jornalistas demais disputando opiniões de menos, e com pouco tempo para fazer isso. As assessorias de imprensa aprenderam a usar isso em seu proveito”.

Só não concordo 100% com a última frase.

++++++++++
Aham:
célebres vídeos fake de tech e games

One Response to > não era pra falar

  1. Mas , mano, leitores só querem saber de nota. Pra quê escrever?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: